Você está em
Você está em  

Hermes Pardini - Medicina, saúde e bem-estar

Doenças do inverno, Catapora e Caxumba podem ser prevenidas com vacina

Doenças do inverno, Catapora e Caxumba podem ser prevenidas com vacina

Nos meses de agosto e setembro, os pais devem ficar de olho nos filhos pequenos. É que nesta época do ano, a incidência de varicela na população infantil aumenta muito devido ao inverno e ao alto contágio da doença, que é transmitida tanto por via respiratória, quanto por contato direto. A catapora, como é mais popularmente conhecida a varicela, é uma enfermidade viral e também pode acometer bebês e adultos.

 

Os principais sintomas da catapora são febre, mal-estar, pontinhos vermelhos e vesículas pelo corpo e muita coceira. Por ser uma doenças benigna, o tratamento é simples, pois o próprio corpo combate a doença, mas também há medicamentos antivirais que geralmente são ministrados quando o paciente já é adulto.

 

 Clique aqui para saber mais sobre vacinação.

 

No entanto, a melhor maneira de se prevenir contra a catapora é a vacina. Segundo o Calendário da Sociedade Brasileira de Imunizações, ela deve ser aplicada a partir de 12 meses de idade. Caso haja necessidade e sob orientação médica, a criança pode recebê-la com nove meses de vida. Um reforço é indicado entre 2 a 4 anos. Nas crianças que a primeira dose for aplicada com mais de quatro anos de idade ou nas que desejam antecipar a segunda dose, o reforço deve ser administrado três meses após a primeira dose.

 

Caxumba

 

A caxumba também é uma doença viral, mas que provoca no indivíduo inflamação das glândulas parótidas (salivares). Na maior parte das vezes, assim como a varicela, a infecção se manifesta nos meses de inverno e no início da primavera. A caxumba também possui uma evolução benigna, mas pode ocorrer algumas complicações se não for devidamente tratada, como inflamação dos testículos e dos ovários (que pode resultar em esterilidade), meningite asséptica, pancreatite, neurite e surdez.

 

Não há tratamento específico contra a caxumba. Uma vez detectada, o doente deve permanecer em repouso, e geralmente são manipulados analgésicos e antitérmicos.

 

A prevenção acontece através da vacina, que é produzida com o vírus vivo atenuado da doença e faz parte do Calendário Básico de Vacinação. Pode ser aplicada isoladamente. No entanto, em geral, está associada às vacinas contra sarampo e rubéola. As três juntas compõem a vacina tríplice viral. A primeira dose deve ser administrada aos doze meses e a segunda, entre 2 e 4 anos.

 

Fonte: Site Dráuzio Varella e Sociedade Brasileira de Imunização.

 

 

Central de Relacionamento com o Cliente e Atendimento domiciliar:

(31) 3228-6200

VOZ

Seg a sex - 7h às 19h

Sáb e feriados - 7h às 18h

Dom - 7h às 13h

 

Whatsapp:

Análises clínicas, vacinas, diagnóstico por imagem e consultas médicas:

(31) 3228-6200

Seg a sex - 8h às 18h

Feriados - 8h às 14h

 Central de Apoio a Parceiros:

www.mypardini.com.br

Novidades

Receba as novidades do Hermes Pardini no seu email.