Você está em
Você está em  

Hermes Pardini - Medicina, saúde e bem-estar

Proteção de lactentes contra a Coqueluche

Durante o período entre 2006 e 2008, foi realizado na Holanda um estudo para identificar a origem da bactéria Bordetella Pertussis (Coqueluche) em crianças com idade entre zero e seis meses internados com a doença.

Um total de 560 contatos domiciliares de 164 crianças hospitalizadas foram testados pela reação em cadeia da polimerase (PCR), cultura e exame sorológico para estabelecer a infecção da Bordetella pertussis.

Foram encontrados: 299 contatos domiciliares (53%) com coqueluche confirmados em laboratório; 159 contatos (53%) apresentavam sintomas compatível com infecção típica; e 42 contatos (14%) não apresentavam sintomas.

Entre 37 crianças vacinadas com a vacina de células inteiras (DTP), 17 delas (46%) apresentavam tosse típica, em comparação com nove de 31 crianças (29%) que haviam sido vacinadas com vacina acelular (DTPa). Essas crianças tinham de 1 a 3 anos após a conclusão do esquema vacinal primário. Para 96 famílias (60%), a fonte de infecção mais provável do recém-nascido foi um irmão (41%), a mãe (38%), ou o pai (17%).

Conclusões

Se a imunidade à coqueluche via vacinação for mantida ou aumentada nos pais, a doença nos  bebês poderia ser evitada em 35% a 55% dos casos. O reforço nos adultos deve ser realizado de 10 em 10 anos. Uma porcentagem significativa de crianças são novamente suscetíveis à doença  1-3 anos após a vacinação, necessitando de reforço entre 4-6 anos de idade e outro reforço na adolescência aos 11 anos. As crianças vacinadas com a vacina de células inteiras perdem mais rapidamente a proteção que as vacinadas com as vacinas acelulares.

Para ter acesso ao conteúdo completo do estudo, clique AQUI.

Fonte: Greeff S.C., Mooi F.R., Westerhof A. et al. Pertussis Disease Burden in the Household: How to Protect Young Infants. CID 2010;50:1339-45.

 

 

Central de Relacionamento com o Cliente e Atendimento domiciliar:

(31) 3228-6200

VOZ

Seg a sex - 7h às 19h

Sáb e feriados - 7h às 18h

Dom - 7h às 13h

 

Whatsapp:

Análises clínicas, vacinas, diagnóstico por imagem e consultas médicas:

(31) 3228-6200

Seg a sex - 8h às 18h

Feriados - 8h às 14h

 Central de Apoio a Parceiros:

www.mypardini.com.br

Novidades

Receba as novidades do Hermes Pardini no seu email.